Chono Single Vineyard Carménère 2012

Chono Single Vineyard Carmenère 2012

87. Equilibrado e muito correto, transmite bem as características da carménère. Pouco corpo e estrutura, se mostrando uma boa opção para eventos descontraídos. Acompanhou bem um bacalhau com natas.

País / Região: Chile / Colchagua

Castas: Carménère (85%), Syrah (7%) e Petite Syrah (8%)

Graduação Alcoólica: 14,2°

Elaboração: 60% do vinho amadureceu em barricas de carvalho francês e americano durante 12 meses.

Harmonização: mix de queijo e embutidos, penne com molho de linguiça fresca, peito de frango recheado com queijo e presunto, carne de panela com legumes, pizza com queijo.

Temperatura de Serviço: 15°C

 

Mais detalhes

  • www.chonowines.com

 

Emiliana Coyam 2011

Emiliana Coyam 2

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

90. Esse vinho foi indicado por alguns sommeliers e, naturalmente, não deu outra: um excelente vinho. Uma das primeiras vinícolas a introduzir vinhos biodinâmicos no Chile. Este aqui é estruturado, intenso e persistente. Desce na garganta mostrando opulência e delicadeza.

 

Mais detalhes em:

http://www.emiliana.cl/our-wines/biodynamic/coyam/

http://www.vivino.com/wineries/cl-emiliana/wines/colchagua-valley-coyam-2011

Lapostolle Clos Apalta 2010

Clos Apalta

96. Considerado o melhor vinho do mundo na safra de 2005. É um must-drink, um ícone do novo mudo. Muito corpo, personalidade, suavidade, elegância, sabor muito persistente.

 

Mais detalhes em:

http://en.lapostolle.com/wines/clos-apalta/?year=2010

http://www.vivino.com/wineries/lapostolle/wines/clos-apalta-limited-release-2010

Viu Manent Viu 1 2010

Viu Manent Viu 1

95. Que baita vinho. Aromas não tão intensos, mas na boca ele mostra toda a sua força. Extremamente bem equilibrado e de uma maciez fantástica. Desce maravilhosamente redondo na garganta. A estrutura é complexa e o sabor intenso, potente e persistente. Uma maravilha.

 

Mais detalhes em:

http://www.viumanent.cl/our-wines/viu-1/

http://www.vivino.com/wineries/viu-manent/wines/don-miguel-colchagua-valley-red-2010

Viu Manent Gran Reserva Chardonnay 2012

Viu Manent gran-reserva-chardonnay

91. Excelente branco. Notas de mantega no nariz. Na boca apresentou uma boa estrutura e sabor refinado, delicado. Com boa persistência e acidez muito bem equilibrada.

 

Mais detalhes em:

http://www.viumanent.cl/our-wines/gran-reserva/chadonnay/

http://www.vivino.com/wineries/viu-manent/wines/gran-reserva-chardonnay-2012

Viu Manent Estate Collection Merlot 2012

Viu Manent Estate Collection Merlot 2012

88. No nariz nota-se azeitonas pretas e ameixa. Pouca estrutura, simples, apesar de ser bem equilibrado e com alguma persistência.

 

Mais detalhes em:

http://www.viumanent.cl/our-wines/estate-collection/merlot/

http://www.vivino.com/wineries/viu-manent/wines/estate-collection-merlot-2012

Viu Manent Reserva Sauvignon Blanc 2013

Viu Manent Reserva Sauvignon Blanc 2013

89. Maçã verde e maracujá. Aromas cítricos em geral. Na boca é equilibrado e de média persistência.

 

Mais detalhes em:

http://www.viumanent.cl/our-wines/estate-collection/sauvignon-blanc/

http://www.vivino.com/wineries/viu-manent/wines/reserva-valle-de-colchagua-sauvignon-blanc-2013

Montes Outer Limits 2011

Montes Outer Limits 2011

91. Melhor que o irmão Montes Alpha Pinot Noir. Mais corpo e estrutura.

 

Mais detalhes em:

http://outerlimitswines.com/pt/red_wine.php

http://www.vivino.com/wineries/outer-limits/wines/apalta-vineyards-2011

Montes Alpha Carménère 2011

Montes Alpha Carménère 2011

92. Excelente vinho. Não chega a ser um dos tops da vinícola mas é muito bom. Os aromas não são intensos, mas percebe-se pimenta, ameixa e madeira. Na boca é onde a festa começa: muito bem equilibrado, de sabor intenso, persistente, corpo de respeito e muito aveludado. Desce na garganta como uma pluma.