Falernia Sangiovese 2013

Na última Expovinis, degustei alguns excelentes rótulos da vinícola Falernia. Um dos que mais impressionaram foi o varietal Sangiovese, safra 2013, mas outros rótulos do portfólio também mostram ótimo custo-benefício.

Falernia Sangiovese 2013

93 pontos. Linda cor rubi com muitos reflexos alaranjados. Muito perfumado, frutado. Equilibrado, redondo, aveludado e persistente. Uma bela surpresa pelo preço.

Preço: R$65,00 em Desenrolha (pesquisa realizada em 15/06/2017).

País / Região: Chile / Vale de Elqui

Castas: 100% Sangiovese

Outros rótulos que merecem atenção:

  • Falernia Syrah 2012 (R$65,00 em Desenrolha, pesquisa realizada em 15/06/2017)
  • Falernia Carménère 2015 (R$65,00 em Desenrolha, pesquisa realizada em 15/06/2017)
  • Falernia Cabernet Sauvignon 2014 (R$65,60 em WineBrasil, pesquisa realizada em 15/06/2017)
  • Falernia Pinot Noir 2015 (R$79,90 em Sonoma, pesquisa realizada em 15/06/2017)
  • Falernia Carménère Reserva 2015 (R$110, em WineBrasil, pesquisa realizada em 15/06/2017)
  • Falernia Syrah Reserva 2009 (R$110, em WineBrasil, pesquisa realizada em 15/06/2017)
  • Falernia Pinot Noir Reserva 2013 (R$120, em WineBrasil, pesquisa realizada em 15/06/2017)

 

Mais detalhes:

  • http://falernia.com

 

Palo Alto Reserva I 2013

Palo Alto Reserva I 2013

91 pontos (JS93). Aromas de vinho excepcional, perfumados e elegantes, remetendo a frutas vermelhas maduras e violeta. Na boca mostra bom corpo, bom equilíbrio e boa acidez. Ligeiramente curto e com uma pequena pontada de amargor, mostrando taninos e seleção de uvas quase ideais. Com um pouco mais de potência e aveludado, justificaria os 93 pontos de James Suckling.

País / Região: Chile / Vale do Maulle

Castas: 50% Cabernet Sauvignon, 28% Carménère, 22% Syrah

Graduação Alcoólica: 13,5°

Elaboração: envelhecimento por 8 meses em carvalho francês e americano.

Harmonização: queijos envelhecidos, massas e carnes.

Temperatura de serviço: 16°C.

Preço: R$70,22 em Wineface (pesquisa realizada em 19/10/16).

 

Mais detalhes:

  • http://www.paloaltowines.com/en/vinos/reserva-i/
  • http://www.paloaltowines.com/en/assets/uploads/2016/03/res-1-2013-eng.pdf

 

Alceño Premium 50 Barricas Syrah 2012

Alceno Premium 50 Barricas Syrah 2012

93 pontos (RP 92). Que ótima surpresa. Não esperava encontrar tanto prazer nesta garrafa. O aroma de pimenta é tão intenso que você precisa desbrava-lo para identificar outros aromas menos fragrantes, como frutas vermelhas e carvalho. Na boca o sabor é igualmente intenso e mostra estrutura muitíssimo equilibrada. Nada está fora do lugar. Razoavelmente persistente, muito elegante e bem aveludado. Os taninos são sedosos, mostrando que foram cultivados com amor e atenção. O corpo é muito agradável, nem tão simples, nem tão severo. De fato um achado!

País / Região: Espanha / Jumilla

Castas: 90% Syrah, 10% Monastrell

Graduação Alcoólica: 15°

Elaboração: envelhecimento por um curto período em carvalho francês e americano.

Harmonização: carnes assadas na brasa, queijos e embutidos variados, arroz de pato, paella valenciana, perdiz, massas com molho substanciosos.

Temperatura de serviço: 16 a 18°C.

Preço: R$73,95 em Grand Cru (pesquisa realizada em 17/09/16).

 

Mais detalhes:

  • http://alceno.com/en/wines/8-alceno-syrah-premium-50-barricas.html

 

José Maria da Fonseca Ripanço 2013

JMF Ripanço 2013

92 pontos. Taninos redondos e aveludados, mostrando que foram cuidados com carinho. Apresenta típica sensação apoeirada de alguns vinhos portugueses. Equilibrado e volumoso.

País / Região: Portugal / Alentejo

Castas: Syrah, Aragonês, Alicante Bouschet.

Graduação Alcoólica: 14,5°

Elaboração: fermentação ocorre em cubas de inox a uma temperatura de 28ºC. Envelhecimento por 6 meses em madeira nova de carvalho francês e americano.

Harmonização: carne vermelha e queijos.

Temperatura de serviço: 16 a 18°C.

Preço: R$85,05 em Decanter (pesquisa realizada em 24/08/16).

Mais detalhes:

  • http://www.jmf.pt/index.php?id=378

 

Paul Jaboulet Aîné Côtes-du-Rhône Parallèle 45 Rouge 2012

Paul Jaboulet Aîné Côtes-du-Rhône Parallèle 45 Rouge 2012

92 pontos. Aromas elegantes, frutado, remetendo a frutas vermelhas maduras. Belíssimo corpo e estrutura, sabor pulsante e envolvente. Elevada acidez em harmonia com taninos pulsantes. Carvalho quase passa desapercebido. Muitas sensações e sabores em um corpo descontraído. Taninos redondos, em nível capaz de levá-lo a um belo amadurecimento pelos próximos cinco anos. Jovem e sofisticado. Um belo exemplo de como ser “entry level”. Ótimo custo-beneficio.

País / Região: França / Côtes-du-Rhône

Castas: 50% Grenache, 40% Cinsault, 10% Syrah

Graduação Alcoólica: 14°

Elaboração: vinhedos localizados perto do Paralelo 45° Norte. Idade metade de 25 anos. Rendimento de 45hl/ha. Terrenos de pedrinhas com solo argilo-calcário e seixos. Vinho resultado de uma longa maceração com as cascas. Fermentação alcoólica longa em cuba de aço inoxidável com temperaturas controladas. Maturado em tanques de aço inoxidável.

Harmonização: carnes vermelhas, de caça e queijos.

Temperatura de serviço: 16 a 18°C

Onde comprar: R$92,81, meia garrafa, em Mistral (pesquisa realizada em 22/04/2016).

 

Mais detalhes

  • http://www.jaboulet.com/Website/site/eng_lesgammes_lesgrandsclassiques_parallele45rouge_description.htm

 

Torreon de Paredes Reserva Privada Syrah 2007

Torreon de Paredes Reserva Privada Syrah 2007

88. Com um pouco de dedicação, identifica-se a pimenta e algumas especiarias tão comum nos syrahs. Ligeiramente amargo no final de boca. Não se encontra nesse aqui a sensualidade e aspecto exótico que outros syrahs apresentem. Pouco elegante apesar do preço.

País / Região: Chile / Rengo (Vale do Alto Cachapoal)

Castas: 85% Syrah, 10% Carménère, 5% Cabernet Sauvignon

Graduação Alcoólica: 13,9°

Elaboração: amadurecido em barris de carvalho por 12 meses.

Temperatura de serviço: 16 a 18°C

Harmonização: pratos a base de curry, cordeiro assado, veado, porco, pombo, frios e queijos como Parmesão, Gouda e Brie.

Onde comprar: R$120,82 em Vinho Site (safra 2012, pesquisa realizada em 07/01/2016).

 

Mais detalhes

  • http://www.torreon.cl/english/RP_sy.html
  • http://www.torreon.cl/docs/tsheet/RP_SY07_I.pdf

 

Mouchão Ponte das Canas 2009

Mouchão Ponte das Canas 2009

91. Certa vez em Londres, um colega disse que tinha um “sweet teeth”, expressão inglesa para aqueles que gostam de uma guloseima. De repente é por isso que este Ponte das Canas me agradou tanto. Sua doçura é muitíssimo agradável, em harmonia com o álcool, caninos e acidez. Um belíssimo vinho.

País / Região: Portugal / Alentejo

Castas: Alicante Bouschet, Touriga Nacional, Touriga Franca e Syrah

Elaboração: este vinho é a última criação da Herdade do Mouchão e resulta de um lote de uvas seleccionadas de Alicante Bouschet, Touriga Nacional, Touriga Franca e Syrah. Depois da fermentação em lagares, com tradicional pisa a pés, o vinho é trasfegado para barricas novas de carvalho francês de 300 litros onde estagia por um período mínimo de 12 meses. Após o seu engarrafamento estagia durante 12 meses em ambiente climatizada antes de ser lançado.

 

Mais detalhes em:

  • http://mouchao.pt/pt/pontedascanas

 

Cortes de Cima Hans Christian Andersen 2010

Cortes de Cima Hans Christian Andersen 2010

91. Picante, sedutor, exótico. Estou desenvolvendo um especial apreço pela Syrah, que traz as especiarias, os condimentos, os aromas picantes e sensuais. Muito equilibrado, intenso e persistente. Um baita vinho. Ganhava mais um pontinho de o Sr. Hans Christian não fosse tão feio (rsrs).

País / Região: Portugal / Alentejo

Castas: Syrah

Graduação Alcoólica: 14%

Elaboração: produzido exclusivamente a partir da casta Syrah. As uvas foram rigorosamente selecionadas, colhidas apenas aquelas que estavam em um ótimo estado de maturação. Foram fermentadas sem engaço, a temperaturas controladas, e regulares remontagens, com um amplo período de maceração das películas para melhorar o aroma de frutos e conseguir um bom equilíbrio e estrutura de taninos.

Amadurecimento: 8 meses em carvalho francês e americano.

 

Mais detalhes em:

  • http://cortesdecima.com/pt/shop/avin5643201457638/
  • http://www.cortesdecima.com/downloads/Wine/2010-HCA-Nota%20de%20Vindima.pdf

 

Cortes de Cima Chaminé 2012

Cortes de Cima Chaminé 2012

87. Jovem, com algum frescor, provavelmente devido à acidez que se apresenta de forma tímida. Mesmo assim é bem equilibrado. Um pequeno amargor no final de boca faz com que perca alguns pontos.

País / Região: Portugal / Alentejo

Castas: Aragonez, Syrah, Touriga Nacional

Graduação Alcoólica: 13,5%

Elaboração: elaborado a partir da fruta bem madura. Fermentado sem engaço, a temperaturas controladas com frequentes remontagens. Estagiou em cubas de inox antes do ser engarrafado, sem colagem e com filtração. É um vinho maduro e fácil de beber, que é engarrafado cedo, geralmente seis meses depois da vindima e sem qualquer estágio em madeira. É melhor se bebido jovem, mas melhora com um curto período na garrafeira.

 

Mais detalhes em:

  • http://cortesdecima.com/pt/shop/avin5148108703418/
  • http://www.cortesdecima.com/downloads/Wine/2012-CHAMINE-Nota%20de%20Vindima.pdf

 

Adega de Borba Cinquentenário Grande Escolha 2003

Adega de Borba Cinquentenario 2003

92. Tão aveludado como carinho de mãe, como um abraço fraterno. Aromas de frutas do bosque e azeitonas pretas. Na boca é muito equilibrado, com excelente acidez, gerando frescor e alegria.

País / Região: Portugal / Alentejo

Castas: Alicante Bouschet, Cabernet Sauvignon e Syrah

Graduação Alcoólica: 14%

Elaboração: estagiou 12 meses em barricas novas de carvalho francês e americano e 24 meses em garrafa na cave. Produzido em memória aos 50 anos de existência da vinícola, elaborado com base na escolha dos melhores vinhos produzidos na colheita, para a comemoração da ocasião.

 

Mais detalhes em:

  • http://www.adegaborba.pt
  • http://www.alentejana.com.br/produto.php?c=529

 

Quinta da Chocapalha Vinha Mãe Family Estate 2009

Quinta da Chocapalha Vinha Mae Family Estate 2009

89. Agasalha a garganta como um abraço paterno. Suave, porém não elegante. Familiar, como um grande almoço de domingo. Um leve amargor tira uma possível excelência.

Região / País: Lisboa / Portugal

Castas: 30% Syrah, 30% Tinta Roriz, 40% Touriga Nacional

Graduação Alcoólica: 14,5%

Elaboração: 22 meses em barris de carvalho francês.

 

Mais detalhes em:

  • http://www.alentejana.com.br/produto.php?c=432
  • http://www.vivino.com/wineries/quinta-de-chocapalha/wines/vinho-regional-estremadura-arinto-2010

 

Malondro Montsant Xabec 2008

Malondro Montsant Xabec 2008 Espanha

91. Muito bom vinho. Pelo preço, é um achado! Rubi com reflexos alaranjados, o que é sempre bom de ver. Os aromas são tradicionais: frutas do bosque, carvalho e tabaco. Na boca é muito equilibrado, desce super redondo. Se tivesse mais corpo ou um aveludado ainda mais potente, seria um vinho ícone.

Região/Denominação: Montsant, Espanha.

Uvas: Garnacha, Samsó (Carignan), Syrah.

Graduação Alcoólica: 14%

Elaboração: fermentação malolática feita em barris de carvalho de segundo uso. Envelhecimento feito em 10% de barris novos e o restante em barris de segundo e terceiro uso.

 

Mais detalhes em:

  • http://www.malondro.es
  • http://www.malondro.es/pdf/1418981825_4.pdf

 

Lapostolle Canto de Apalta 2012

Lapostolle Canto de Apalta 2012

88. Vinho mediano da vinícola, mas com grande potencial. Marca um pouco na garganta, mas pode se desenvolver ao longo dos anos. Aqui no Chile é um vinho bem barato, se tornando uma excelente opção na relação custo/benefício.

 

Mais detalhes em:

http://en.lapostolle.com/wines/canto-de-apalta/

http://www.vivino.com/wineries/lapostolle/wines/canto-de-apalta-2012

Estampa Reserve Syrah Viognier 2010

Estampa Reserve Syrah Viognier 2010

90. Muito bom vinho. Equilibrado, sem arestas, com estrutura e sabor intenso. Média persistência. No nariz traz azeitonas pretas e ameixa.

 

Mais detalhes em:

http://www.estampa.com/estampa/vinos_reserva.php?cat=3&sub=14

http://www.vivino.com/wineries/estampa/wines/reserve-syrah-viognier-2010

Casa Marin Miramar Syrah 2010

Casa Marin Miramar Syrah 2010

90.

 

Mais detalhes em:

http://terroirs.soumaisvinho.com.br/viagens/chile/

http://www.casamarin.cl/our-wines/casa-marin/casa-marin-syrah/

http://www.vivino.com/wineries/casa-marin/wines/3427063-miramar-vineyard-syrah-2010

Matetic EQ Syrah 2010

Matetic EQ Syrah 2010

86. Vinho bem mediano. Não curti muito ele, daí não dei muita bola para a degustação. Mais cedo degustei o Syrah Gran Reserva da Casas del Bosque que deixa esse aqui no chinelo.

 

Mais detalhes em:

http://www.vivino.com/wineries/matetic-vineyards/wines/eq-syrah-2010

Puech-Haut Saint-Drézéry Tete De Belier 2007

Puech-Haut Saint-Drézéry Tete De Belier 2007

Que vinho! Pra mim, nota 93. Rubi com reflexos grisalhos, ops, reflexos alaranjados. O aroma explode no nariz já no primeiro teste: madeira, frutas vermelhas e ameixa são marcantes. Na boca ele desce redondo, sem marcas, sem arestas, apenas sabor intenso. Pena que é caro: o fornecedor cita R$300 como preço final para o consumidor.

Château Puech-Haut Prestige 2009

Château Puech-Haut Prestige 2009

Rubi intenso sem reflexos. Aromas de ameixa e frutas vermelhas. Na boca se mostra bem equilibrado, sem arestas. Estrutura e potência mediana. Diferente dos 93 pontos do RP, eu daria 86.