Quinta da Chocapalha Vinha Mãe Family Estate 2009

Quinta da Chocapalha Vinha Mae Family Estate 2009

89. Agasalha a garganta como um abraço paterno. Suave, porém não elegante. Familiar, como um grande almoço de domingo. Um leve amargor tira uma possível excelência.

Região / País: Lisboa / Portugal

Castas: 30% Syrah, 30% Tinta Roriz, 40% Touriga Nacional

Graduação Alcoólica: 14,5%

Elaboração: 22 meses em barris de carvalho francês.

 

Mais detalhes em:

  • http://www.alentejana.com.br/produto.php?c=432
  • http://www.vivino.com/wineries/quinta-de-chocapalha/wines/vinho-regional-estremadura-arinto-2010

 

Quinta da Chocapalha Arinto 2010

Quinta da Chocapalha Arinto 2010

86. Frutado no nariz. Acidez ligeiramente elevada, o que vem se mostrando uma constante na casta Arinto.

Região / País: Lisboa / Portugal

Castas: Arinto

Graduação Alcoólica: 13%

Elaboração: fermentou em cubas de inox, tendo o vinho ficado em contato com as borras finas durante 6 meses. Produção de apenas 9.600 Garrafas.

 

 

Mais detalhes em:

  • http://www.wonderfulland.com/chocapalha/#
  • http://www.alentejana.com.br/produto.php?c=432
  • http://www.vivino.com/wineries/quinta-de-chocapalha/wines/vinho-regional-estremadura-arinto-2010

 

Quinta De Chocapalha Vinho Regional Lisboa Reserva Tinto 2008

Quinta da Chocapalha

87. Aromas adocicados, pimenta, azeitona preta, baunilha e algo de laticínio. Muito bem equilibrado mas um pouco amargo, com algumas pitadas de tanino que podem ser corrigidas com o decanter, um diazinho na geladeira ou mas alguns anos dormindo na adega. No final das contas, apresentou aroma mais agradável que sabor.

Mais detalhes em:

http://www.wonderfulland.com/wonder2006/wine/chocapalha/indexwine.htm#products_2

http://www.vivino.com/wineries/quinta-de-chocapalha/wines/vinho-regional-lisboa-reserva-tinto-2008

Bacalhôa Lisboa Quinta dos Loridos Alvarinho 2006

Bacalhôa Lisboa Quinta dos Loridos Alvarinho 2006

87. De cor palha escuro, lembra um chardonnay. Na boca a primeira sensação é de azeite, algo aveludado e untuoso. Não curti muito. Os aromas são bem difusos, de difícil identificação. A estrutura é pouco elegante, com algumas pontadas devido ao álcool e uma descida na garganta marcando um pouco.

Mais detalhes em:

http://www.bacalhoa.com/pt/vinhos/show/scripts/core.htm?p=vinhos&f=show&lang=pt&idcont=436

http://www.vivino.com/wineries/bacalhoa-vinhos-de-portugal/wines/dos-loridos-lisboa-alvarinho-2006