Puech-Haut Saint-Drézéry Tete De Belier 2007

Puech-Haut Saint-Drézéry Tete De Belier 2007

Que vinho! Pra mim, nota 93. Rubi com reflexos grisalhos, ops, reflexos alaranjados. O aroma explode no nariz já no primeiro teste: madeira, frutas vermelhas e ameixa são marcantes. Na boca ele desce redondo, sem marcas, sem arestas, apenas sabor intenso. Pena que é caro: o fornecedor cita R$300 como preço final para o consumidor.

Puech-Haut Blanc 2011

Puech-Haut Blanc 2011

No nariz os primeiros aromas são marcantes: mel e abacaxi. Na boca se mostra muito bem equilibrado, inclusive o álcool, apesar do elevado teor alcoólico para um branco. Ele ainda mostra uma certa untuosidade reflexo de certa estrutura. Preço final um pouco caro: por volta de R$180.