Pintas Character 2011

Pintas Character 2011 Douro Portugal

91. Complexo, multi-camadas, muito bem equilibrado, mas o pequeno amargor no final de boca faz ele perder alguns pontos. Produzido com mais de 20 castas (!!!) e pisa à pé. Levou 94 na WE e 90 na WS.

Região / País: Douro, sub-região Cima Corgo, Vale do Pinhão, Vale de Mendiz / Portugal

Castas: vinhas velhas com cerca de 30 castas autóctones do Douro.

Graduação Alcoólica: 14,5%

Elaboração: vindima realizou-se em perfeitas condições atmosféricas na segunda semana de setembro. As uvas devidamente selecionadas e desengaçadas fermentaram em lagar com pisa à pé durante 10 dias. O estágio e fermentação maloláctica decorreu em barricas de carvalho francês durante 18 meses. Produção de 10.500 garrafas 75cl, 220 magnums e 20 jeroboams.

 

 

Mais detalhes em:

  • Ficha Técnica
  • http://www.vivino.com/wineries/pt-wine-and-soul/wines/douro-pintas-character-2011

 

Vertice Espumante Douro Millesimé 2009

Vertice Espumante Douro Millesimé 2009

87. Eleito o melhor espumante português. Achei ele muito bom, mas nada de excepcional. Cor dourada muito bonita, brilho festivo e perlage elegante. Na boca não mostra muita suavidade, de repente por causa da acidez ligeiramente acentuada.

Região/Denominação: Douro

Castas: Códega, Gouveio, Malvasia Fina, Rabigato, Touriga Franca, Viosinho.

Graduação Alcoólica: 12,5%

Elaboração: elaborado pelo método clássico ou champenoise. Este espumante não é produzido todos os anos. Apenas nas safras especiais. Estagiou 36 meses na garrafa para fazer a 2ª fermentação. Data do degorgement escrita no contra rótulo. Espumante millésime com uma qualidade muito própria, acabando por exprimir as condições climatológicas do ano que vão conferir tipicidade e uma grande qualidade. Produção de 10.000 garrafas.

Serviço: 7° a 8°C

 

Mais detalhes em:

  • http://www.cavestransmontanas.pt/index.php/vertice/vinhos
  • http://www.vivino.com/wineries/transmontanas/wines/vertice-espumante-do-douro-millesim-2009

 

Fetzer Quartz White Blend 2011

Fetzer Quartz 2011

87. Finalmente um americano na minha lista. Vinícola da Concha y Toro na Califórnia. Poucos aromas, mas muito equilibrado. Tomei ele no meio de um festival de rock (isso é que é amor ao vinho!) em um dia quente e desceu muito bem.

Região/Denominação: California/USA

Uvas: 35% Chardonnay, 23% Riesling, 18% Gewürztraminer, 14% Pinot Grigio, 7% Muscat, 3% outras castas.

Graduação Alcoólica: 12%

Harmonização: frango, peixe e qualquer prato com um toque apimentado.

 

Mais detalhes em:

  • http://www.fetzer.com/assets/client/File/tech_sheets/Quartz-Tech-Sheet-030813.pdf
  • http://www.vivino.com/wines/4957869-fetzer-quartz-2011

 

Quinta De Chocapalha Vinho Regional Lisboa Reserva Tinto 2008

Quinta da Chocapalha

87. Aromas adocicados, pimenta, azeitona preta, baunilha e algo de laticínio. Muito bem equilibrado mas um pouco amargo, com algumas pitadas de tanino que podem ser corrigidas com o decanter, um diazinho na geladeira ou mas alguns anos dormindo na adega. No final das contas, apresentou aroma mais agradável que sabor.

Mais detalhes em:

http://www.wonderfulland.com/wonder2006/wine/chocapalha/indexwine.htm#products_2

http://www.vivino.com/wineries/quinta-de-chocapalha/wines/vinho-regional-lisboa-reserva-tinto-2008

Emiliana Coyam 2011

Emiliana Coyam 2

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

90. Esse vinho foi indicado por alguns sommeliers e, naturalmente, não deu outra: um excelente vinho. Uma das primeiras vinícolas a introduzir vinhos biodinâmicos no Chile. Este aqui é estruturado, intenso e persistente. Desce na garganta mostrando opulência e delicadeza.

 

Mais detalhes em:

http://www.emiliana.cl/our-wines/biodynamic/coyam/

http://www.vivino.com/wineries/cl-emiliana/wines/colchagua-valley-coyam-2011

Antiyal Maipo Valley 2011

Antiyal Maipo Valley 2011

89. O aroma frutado, que já dá dicas de sua estrutura, é facilmente percebido já na primeira prova olfativa. Frutas do bosque são as percepções mais marcantes. Na boca mostra uma acidez que torna o vinho alegre. Como indicado pelo aroma, a estrutura é diferenciada, fruto de um corte cuidadoso.

Betola B 2011

Betola B 2011

Corpo robusto, aroma clássico de madeira, equilibrado e persistente. Segundo vinho de excelente qualidade desta vinícola. Ótimo custo x benefício.