La Chablisienne Chablis La Sereine 2011

La Chablisienne Chablis La Sereine 2011

87 pontos. Esperava mais, dada a fama deste branco francês. A boa notícia é que ainda existe toda a colina de qualidade da denominação para surpreender: Premier Cru e Grand Cru. Os aromas deste aqui são dispersos, com bastante atenção se identifica  a manteiga e querosene, típicos da chardonnay. Não identifiquei a tão falada mineralidade, mas faço mea-culpa… o problema de fato está no degustador. Na boca mostra pouca expressão, apesar de ser bem correto e equilibrado.

País / Região: França / Chablis AOC

Castas: 100% Chardonnay

Graduação Alcoólica: 12,5°

Elaboração: vinhas com idade média de 20 anos. Resfriamento das uvas antes da fermentação. Tanto a fermentação alcoólica quanto a malolática acontecem em tanques de inox. O amadurecimento acontece por um ano sob finas borras, tanto nos tanques quanto em barris de carvalho.

Temperatura de serviço: 10 a 12°C

Harmonização: peixe grelhado.

Onde comprar: R$165,99 em Todo Vino (safra 2010, pesquisa realizada em 12/01/2016).

 

Mais detalhes

  • http://lachablisienne.net/catalogue_us/front_pro.php?rubrique=10&page=2
  • http://www.lachablisienne.net/fiches/admin/fiche_209_en.pdf

 

Albert Bichot Chablis Moutonne Grand Cru 2007

Albert Bichot Moutonne Grand Cru Chablis

91. Muito sofisticado e elegante. Corpo e estrutura respeitáveis para um Chablis. Potência sem arrogância e nenhuma farpa solta. Notável como evolui bem ao longo dos anos e se torna cada vez mais elegante.

 

Mais detalhes em:

http://www.bourgogne-bichot.com/en/nos-vins

http://extranet.bourgogne-bichot.com/technique.php?id=15201&en=1

http://www.vivino.com/wineries/albert-bichot/wines/moutonne-domaine-long-depaquit-chablis-grand-cru-2007

 

Albert Bichot Chablis Premier Cru Les Vaillons 2012

Albert Bichot Chablis Premier Cru Les Vaillons 2012

90. Nota-se facilmente o corpo mais avantajado e estrutura mais robusta do que Chablis mais simples. Naturalmente a diferença é sutil, mas facilmente perceptível. Nota-se também o uso do carvalho, gerando um final arredondado. Razoavelmente persistente e muitíssimo equilibrado.

 

Mais detalhes em:

http://www.bourgogne-bichot.com/en/nos-vins

http://www.vivino.com/wineries/albert-bichot/wines/domaine-long-depaquit-les-vaillons-chablis-premier-cru-2012

 

Albert Bichot Chablis 2012

Albert Bichot Chablis 2012

88. Pouco frutado, descomplicado, despretensioso, mineralidade presente de forma sutil. Menos complexo, robusto ou aromático do que exemplares sul-americanos mais baratos. Vinhos como os Chablis ou os Borgonha deixam claro como nosso paladar brasileiro está acostumado a um estilo bem peculiar: vinhos estruturados e aromáticos, como os produzidos nas regiões quentes da América do Sul. Por este motivo, é fácil deixar a elegância e sofisticação destes franceses passarem despercebido.

 

Mais detalhes em:

http://www.bourgogne-bichot.com/en/nos-vins

http://www.vivino.com/wineries/albert-bichot/wines/2314011-chablis-2012

 

Albert Bichot Petit Chablis 2013

Albert Bichot Petit Chablis

87. Floral, frutado, fresco, muito equilibrado, mas demasiado simples comparado aos brancos sul-americanos. Estrutura e aromas simples, descompromissado e efêmero. Adequado para momentos onde a gastronomia não está em foco.

 

Mais detalhes em:

http://www.bourgogne-bichot.com/en/nos-vins

http://www.vivino.com/wineries/albert-bichot/wines/3575912-petit-chablis-2013

 

 

Domaine Vocoret & Fils Chablis 2012

Domaine Vocoret & Fils Chablis 2012

87. Refrescante, muito equilibrado, com uma pequena pontada de frutas cítricas e mineralidade. Degustar o vinho nas colinas de Chablis é que fez toda a diferença. Só mesmo estando in loco para perceber os pequenos detalhes que separam os pequenos dos grandes vinhos.

 

Mais detalhes em:

http://www.domaine-vocoret.com/wines.php

http://www.vivino.com/wineries/domaine-vocoret-et-fils/wines/2955933-chablis-2012