Pizzato Vertigo

Não é todo dia que degustamos um espumante turvo. Este é o Pizzato Vertigo, espumante engarrafado com as leveduras, o que confere aromas e, principalmente, sabores de panificação. Tá parecendo que é uma modinha.

R$162 em https://www.vinhosesabores.com.br/produto/detalhe/1510-Espumante-Pizzato-Vertigo-Brut-champenoise-750-ml

Aracuri Sauvignon Blanc 2016

90 pontos. Primeira descoberta da viagem pelo Vale dos Vinhedos. Belíssima construção, elegante, fresco. Nota-se o clima frio pelos aromas sutis. As frutas cítricas e tropicais estão lá, mas de forma bem suave. Muito equilibrado e com acidez crocante. Combinação perfeita para o verão brasileiro.

R$72 em https://www.vinhosevinhos.com/aracuri/vinho-aracuri-sauvignon-blanc-750-ml.html

Miolo Gamay Summertime 2016

Miolo Gamay Summertime 2016

89 pontos. Um “beaujolais nouveau” brasileiro. Feito da mesma uva do festivo francês, também produzido por maceração carbônica, também com rótulo descontraído. Aromas não tão florais como o primo francês, mas percebe-se a violeta, acompanhada de groselha e frutas do bosque em geral. Bem equilibrado e jovial, mas pouco fresco, merecendo maior acidez. Taninos geram certo volume e leve amargor, se mostrando levemente verdes. Leve, mas ainda assim esperava menos corpo. Estrutura comparável a um Pinot Noir americano.

País / Região: Brasil / Campanha Gaúcha

Castas: Gamay

Graduação Alcoólica: 11,5°

Elaboração: enchimento do tanque de aço inoxidável com cachos inteiros e por gravidade; saturação do tanque com neve carbónica; a “primeira fermentação” em maceração carbônica dura 5 a 7 dias; prensagem em prensa pneumática das uvas inteiras após o termino da maceração carbônica; o vinho flor e o vinho prensa fazem juntos a “segunda fermentação” a uma temperatura controlada de 18 a 20°C, em tanque de aço inoxidável; fermentação malolática espontânea; filtração e estabilização tartárica a frio; precoce engarrafamento em meados de Março.

Harmonização: ideal como aperitivo. Este vinho tinto, devido à sua baixa concentração tânica, pode acompanhar, saladas, sopas, peixes, massas de molhos brandos, pizzas, carnes brancas e queijos de massa mole e semidura, com destaque para o emmenthal.

Temperatura de serviço: entre 10 e 12°C.

Preço: R$36,90 em Loja Miolo (pesquisa realizada em 10/06/16).

 

Mais detalhes

  • http://www.miolo.com.br/noticias/graffiti-do-artista-speto-assina-rotulo-do-miolo-gamay-summertime-2016/
  • http://loja.miolo.com.br/produto/vinho-miolo-gamay-safra-2016-750ml-69371

 

Salton Lunae Rose N.V.

Salton Lunae Rose N.V.

O vinho é de fato muito simples, se confunde com um refrigerante. Mas não dá pra dar uma nota muito baixa pois esse é exatamente o propósito do produto. Bem gelado, ele é muito refrescante e divertido, tem sempre uma vaga na minha adega (dou preferência para o branco, pois apresenta ainda mais simplicidade do que o rose, onde já se percebe, mesmo que de longe, a estrutura que o tanino traz).

Salton Intenso Chardonnay N.V.

Salton Intenso Chardonnay N.V.

Amarelo-ouro muito bonito, com aroma de maçã, pêssego, maracujá, banana, todas maduras, caramelo e mel. Na boca é ligeiramente ácido, mas muito gostoso. É naturalmente um vinho doce, mas não tanto a ponto de enjoar. Excelente opção nacional para exercitar uma degustação pouco usual para nós brasileiros.

Cattacini Barbera 2011

Cattacini Barbera 2011

Cor de vinho envelhecido por anos: vermelho-rubi com reflexos altamente alaranjados. Culpa dos 6 meses em barrica francesa de segundo ano. Forte aroma de madeira e baunilha. Na boca mostra pouco corpo, baixo álcool, acidez identificável, mas tudo muito bem equilibrado.

Clos Cattacini Merlot 2009

Clos Cattacini Merlot 2009

Vermelho-rubi com reflexos alaranjados. Aroma facilmente perceptível de baunilha, madeira, pimenta e noz moscadas. Pouco corpo, pouca estrutura, mas muito bem equilibrado como todos os vinhos Cattacini. Taninos no limite, sem comprometer o equilíbrio.

Cattacini Quiron Chardonnay 2013

Cattacini Chardonnay 2013

Cor ímpar dourado amadeirado. Aroma marcante de derivados de leite, madeira, baunilha e noz. O sabor decepciona um pouco, muito simples. De repente tantos atributos visuais e olfativos geraram muita expectativa.

Valduga Arte Tradicional Brut 2011

Valduga Arte Tradicional Brut 2011

Este espumante é muito especial pois foi o que comprei para o meu casamento. Como sobraram várias caixas, estou sempre apreciando-o em momentos especiais. Ele é leve, de sabor persistente, mesmo depois que esquenta um pouco na taça. Se conseguir um bom fornecedor, é possível comprá-lo na faixa dos R$20.