Baron Philippe De Rothschild La Bélière Bordeaux 2012

Baron Philippe De Rothschild La Bélière Bordeaux 2012

84. Aroma marcante de maracujá, com toques de abacaxi e maçã verde. Cor palha bem clara, mostrando sua juventude. Na boca, a percepção se confirma: estrutura bem simples, apesar de bem correto e equilibrado. Um vinho bem simples, descompromissado e bem frutado. Degustei-o em um dia bem quente, optando portanto por servi-lo gelado. Resultado: eu e minha esposa matamos a garrafa sem sentir.

Rougerie Bordeaux 2011

Rougerie Bordeaux 2011

91. Muito bom vinho. Merecia ter respirado no decanter. Muito bem equilibrado, acidez indentificavel, taninos maduros pedindo um prato suculento. Acho que foi um achado no wine.com. Por causa do resfriado, vou ficar devendo os aromas. Sabor intenso e persistente, equilibrado do início ao fim. Uma jóia pelo preço que tem.

Chateau du Courlat Lussac Saint-Émilion 2009

Chateau du Courlat Lussac Saint-Émilion 2009

De fato os vinhos de Bordeaux vão de 8 a 80 em cinco segundos. Em geral acho que os vinhos da região são capazes de alcançarem performances incríveis, mas em geral o custo é sempre muito elevado. Sempre achei melhor comprar um bom chileno/argentino do que um Bordeaux medíocre. Esse Chateau du Courlat entra pra estatística: curto, de fragrância quase imperceptível e amargor na boca depois do terceiro ou quarto gole.