Quinta da Alorna Reserva Arinto Chardonnay 2013

89. Todos os brancos possuem seu lugar no meu coração, mas não é à toa que a chardonnay é dita como a rainha dos brancos. Que elegância, personalidade e estrutura. Esse vinho aqui me mostrou como a uva é fantástica. Em um corte com arinto, ela desponta e mostra suas característica. Funcionou como uma banda, onde a arinto faz a cozinha (bateria e baixo) e a chardonnay se transforma em um Jimi Hendrix. No nariz, pêssego e carvalho, na boca, uma pitada de acidez tira alguns pontos.

Região / País: Tejo / Portugal

Castas: Arinto, Chardonnay.

Graduação Alcoólica: 13%

Elaboração: as uvas de vindima manual são prensadas e os respectivos mostos clarificados separadamente a baixa temperatura. A Arinto fermenta em cubas inox a 15ºC e a Chardonnay fermenta em barricas novas de carvalho francês, estagiando sobre as borras finas durante 3 meses. Após o lote final, o vinho é estabilizado pelo frio e filtrado antes do engarrafamento. Produção de 29.000 garrafas.

Serviço: 12ºC.

Harmonização: pratos de peixe e bacalhau com natas ou bechamel, queijos amanteigados.

 

Mais detalhes em:

  • http://alorna.pt/Vinhos/Quinta-da-Alorna/Quinta-da-Alorna-Reserva-Branco-2014
  • http://alorna.pt/documents/quinta_alorna_54d0f8e19b958.pdf
  • http://www.vivino.com/wineries/quinta-da-alorna-20387/wines/reserva-arinto-chardonnay-2013