Altano Douro Tinto 2010 Portugal

88. Notas de frutas vermelhas e chocolate. Bem equilibrado, mas pouco aveludado. Lembra mais os vinhos do novo mundo, ou seja, não possui tanto da tipicalidade portuguesa.

Região/Denominação: Douro

Uvas: Touriga Franca, Tinta Roriz e Tinta Barroca

Vinificação: em cubas de remontagem, onde se procura uma maceração suave a baixa temperatura (23 – 24°C) para extrair cor e aroma e para limitar a extracção de taninos, produzindo um vinho muito aromático e macio.

Envelhecimento: em média, 4 meses em barricas usadas de carvalho francês e americano, seguindo-se um período em garrafa de mais 4 meses, antes da colocação no mercado.

Harmonização: vinho gastronômico, acompanha massas, como pizza ou lasagna, e pratos da cozinha tradicional portuguesa, como Bacalhau à Brás, carne de porco à alentejana, rojões à moda do Minho, entre outros.

 

Mais detalhes em:

  • http://www.vivino.com/wineries/altano/wines/tinto-2010
  • http://www.altano.pt/section.php?id=1268
  • http://www.altano.pt/static/5821_ALTANO_TINTO_2009.pdf